Anna e o Beijo Francês

Annaeobeijofrances

Se alguém me perguntar quais meus hobbies preferidos, certamente vou dizer que um deles é ler. Sou apaixonada por leitura e me sinto muito bem quando embarco em uma nova história.

Um dia desses, andando pela biblioteca da faculdade, encontrei uma estante enorme destinada à literatura estrangeira. Fiquei até assustada, pois em meu pobre pensamento, uma biblioteca de uma faculdade de engenharia só teria livros e mais livros técnicos.

Para minha alegria, encontrei livros bem legais (uma pequena porcentagem, já que a biblioteca é destinada a estudantes de engenharia), com gêneros e temáticas do jeito que gosto.

Depois de ficar em dúvida entre Férias da Marian Keyes e Anna e o Beijo Francês da Stephanie Perkins, escolhi o segundo.

Anna e o Beijo Francês é um livro fofo e divertido, daqueles que você não consegue parar de ler. Para quem gosta de romances de menininha, recomendo de olhos fechados.

A história gira em torno de Anna, uma adolescente de Atlanta, filha de pais separados, que é “obrigada” a estudar seu último ano do ensino médio em uma escola destinada a americanos em Paris.

Sua primeira noite na cidade luz é terrível e Anna não entende porque seu pai, um famoso escritor de best-sellers, insiste tanto que a filha estude na França e deixe de lado sua vida em Atlanta que ela tanto ama.É nessa noite, depois de muito choro, que Anna conhece Meredith, a qual se torna uma de suas melhores amigas e St Clair, o lindo americano com sotaque inglês e jeito de francês.

A partir daí uma linda história cheia de dúvidas, incertezas e amor começa a se desenrolar. Anna narra sua própria história e em muitos momentos faz o leitor se sentir em seu lugar.

Eu simplesmente amei o livro, os personagens (principalmente St Clair), o modo como a história foi contada e a pegada divertida que a escritora trouxe ao livro. O único ponto negativo, refere-se a edição, que falhou em algumas falas.

Se você é daqueles que ama romances de livros, leia Anna e o Beijo Francês, uma história que pode acontecer com qualquer um de nós e que encanta quem lê.